play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
play_arrow

Featured

30. Kathleen Folbigg + Si Quey

killernews outubro 7, 2020 20


Background
share close

Novas evidências descobertas por uma equipe internacional de cientistas especializados em genética sugerem que os filhos de uma das mais infames assassinas em série da Austrália podem não ter sido mortos pela própria mãe. Kathleen Folbigg foi presa em 2003 e condenada a uma pena mínima de 25 anos pelo assassinato de seus filhos Patrick, Sarah e Laura – com idades entre oito e 19 meses – entre 1991 e 1999. Ela também foi considerada culpada pelo homicídio culposo de seu primeiro filho, Caleb, que tinha apenas 19 dias de idade quando morreu em Newcastle em 1989.

Um infame assassino em série de crianças cujo corpo foi mantido exposto ao público na Tailândia por seis décadas pôde finalmente descansar. O corpo preservado de Si Quey era mantido em uma caixa de vidro no Museu Médico Siriraj de Bangkok – também conhecido como Museu da Morte – desde que ele foi executado por um pelotão de fuzilamento em 1959, aos 32 anos. O Hospital Siriraj, onde fica o museu, usava seu cadáver mumificado em aulas de medicina.

A múmia do assassino em série Si Quey.

Voz e Edição de Fábio Pereira

Tagged as: , , .

Rate it
Episódio anterior
Episódios semelhantes
Post comments (0)