play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
play_arrow

Noticias

2. Ivan Milat + Bong Joon Ho

killernews janeiro 22, 2020 572 17 3


Background
share close

Morto em outubro de 2019 após lutar contra um câncer na garganta e estômago, o serial killer australiano Ivan Milat recebeu várias visitas de investigadores em seus últimos dias de vida. Em uma delas, Milat foi forçado a assistir a uma série de entrevistas de familiares das vítimas, numa tentativa de que ele confessasse os crimes. Indiferente e frio até seu último suspiro, o serial killer apenas disse: “Eu não sinto pena deles. Porque eu deveria sentir pena deles? Morte acontece a toda hora. As pessoas morrem, eles deviam apenas superar isso“.

Ganhador do Oscar de melhor direção e de melhor de filme em 2020 por “Parasita”, o cineasta sul-coreano Bong Joon Ho ficou conhecido em 2003 por dirigir “Memórias de um Assassino”, um filme sobre um serial killer que mata mulheres jovens e bonitas durante dias chuvosos. “Memórias de um Assassino” foi inspirado num caso real ocorrido na cidade de Hwaseong, no norte da Coreia do Sul. Entre 1986 e 1991, 10 mulheres foram encontradas amarradas com suas próprias roupas e os corpos abandonados ao longo de estradas, descampados e colinas agrícolas. O serial killer só foi identificado em 2019 graças aos avanços do DNA.

Bong Joon-ho. Photo by Richard Shotwell/Invision/AP/Shutterstock (10552686aw).

O homem é o mal puro e não demonstrou nenhum tipo de remorso.

Wayne Walpole, investigador de polícia, sobre ivan milat

Tagged as: , .

Rate it
Episódio anterior
Episódios semelhantes
Post comments (0)